10 de nov de 2009

Dados Cronológicos: Mikhail Bakunin (1814 - 1876)

18.05.1814 – Nascimento de Mikhail Alexandrovitcth Bakunin, em Premukhino, no distrito de Novotorjok, governo de Tver

1828 - 1833 – Estudos na Escola de Artilharia de São Petesburgo. O tenente M. A Bakunin serve numa brigada de artilharia, sucessivamente nos governos de Minsk e de Grodno.

Março de 1835 – Ele encontra N. V Stankevitch numa de suas viagens a Moscou.

Outubro de 1835 – Início de sua participação no Círculo de Stankevitch.

Dezembro de 1835 – O tenente Bakunin pede baixa.

1836 - 1840 – Instala-se em Moscou, mas efetua viagens freqüentes a Premukhino, Torjok e Tver. A partir de 1837, lança-se nos estudos filosóficos e apaixona-se por Hegel.

Dados Cronológicos



18.05.1814 – Nascimento de Mikhail Alexandrovitcth Bakunin, em Premukhino, no distrito de Novotorjok, governo de Tver

1828 - 1833 – Estudos na Escola de Artilharia de São Petesburgo. O tenente M. A Bakunin serve numa brigada de artilharia, sucessivamente nos governos de Minsk e de Grodno.

Março de 1835 – Ele encontra N. V Stankevitch numa de suas viagens a Moscou.

Outubro de 1835 – Início de sua participação no Círculo de Stankevitch.

Dezembro de 1835 – O tenente Bakunin pede baixa.

1836 - 1840 – Instala-se em Moscou, mas efetua viagens freqüentes a Premukhino, Torjok e Tver. A partir de 1837, lança-se nos estudos filosóficos e apaixona-se por Hegel.

Fim de Março/começo de abril de 1840 – Torna-se amigo de A. I. Herzen.

29.06.1840 – Parte para o estrangeiro.

1840 - 1842 – Reside em Berlin, com viagens a Dresden. A filosofia é sua principal ocupação.

Outubro de 1842 – Sob o pseudônimo de Jules Elysard, publica um artigo “Die Reaktion in Deutschland. Ein Fragment Von einem Franzosen” (A Reação na Alemanha, fragmento publicado por um francês), em Deutsch Jahrbücher Wissenschaft und Kunst.

Janeiro de 1843 – Parte para Zurique

Fevereiro de 1844 – Intimado pelo governo czarista a voltar para a Rússia, Bakunin recusa-se.

Dezembro de 1844 – O senado o destitui de seu posto e de seu título de nobreza. Bakunin é ameaçado de degredo à Sibéria se voltar a Rússia.

1844 - 1847 – Reside em Paris onde se une com os representantes da democracia européia.

18.11.1847 – Discurso de Bakunin na manifestação polonesa pelo aniversário da insurreição polonesa de 1831.

Dezembro de 1847 – O governo francês expulsa-o. Ele parte para Bruxelas.

Fevereiro de 1848 – A república é proclamada na França; Bakunin retorna a Paris.

Março de 1848 – Ele deixa Paris.

Junho de 1848 – Participa do Congresso Eslavo e da Insurreição de Praga.

Maio de 1849 – Bakunin publica seu Apelo aos Eslavos; participa da insurreição de Dresden. É feito prisioneiro e encarcerado na prisão de Dresden.

Julho de 1849 – É transferido para a fortaleza de Körnigstein.

14.01.1850 – Bakunin é condenado à pena de morte pelo tribunal da Saxônia.

12.06.1850 – A pena é comutada em prisão perpétua.

13-14 de junho de 1850 – O prisioneiro é extraditado e livrado às autoridades austríacas. Encarceramento na prisão de Praga.

14.03.1851 – É transferido para a fortaleza de Olmütz.

17.05.1851 – Bakunin é entregue às autoridades russas. Jogado na fortaleza Pedro e Paulo de São Petersburgo, Bakunin redige sua Confissão.

Março de 1854 – Ele é transferido a Schlüsselburg.

Fevereiro de 1857 – A detenção é comutada em deportação a Sibéria.

05.10.1858 – M. A. Bakunin casa-se com Antonia Ksaverievna Kwiatkowska.

Primavera de 1859 – Partida para Irkutsk.

Junho de 1861 – Bakunin foge da Sibéria. Retorna à Europa pelo rio Amur, pelo Japão e pelos Estados Unidos.

Dezembro de 1861 – Chega em Londres onde encontra Alexandre Herzen e Nicolas Ogarev, os editores de Kolokol (O Sino).

Verão de 1862 – Redige a brochura Norodnoe Delo (A Causa do Povo).

Fevereiro - outubro de 1863 – Reside na Suécia.

Março de 1863 – Bakunin participa da expedição organizada pelos emigrados poloneses de Paris e Londres do “Ward Jackson”.

Janeiro de 1864 – Passa pela Itália.

1864 - 1865 – Funda em Florença a sociedade secreta “A Fraternidade Internacional Revolucionária”.

1865 - 1867 – Reside em Nápoles.

1867 - 1869 – Reside em Genebra.

10.09.1867 – Discurso de Bakunin no Congresso da Liga Internacional da Paz e da Liberdade.

Julho de 1868 – Adere a seção genovesa da Primeira Internacional.

Outono de 1868 – Publica em colaboração com N. Jukovski o primeiro número do periódico Narodnoe Delo (A Causa do Povo).

Outubro de 1868 – Funda a “Aliança da Democracia Socialista”.

Março de 1869 – Bakunin começa a colaborar com Sergei Netchaiev.

Setembro de 1869 – Discurso de Bakunin no Congresso da Internacional em Basiléia.

Outubro de 1869 – Partida para Locarno.

Junho de 1870 – Rompe com Netchaiev.

Setembro de 1870 – Participa da insurreição de Lyon.

Abril de 1871 – Aparecimento do primeiro fascículo da obra de Bakunin O Império cnuto-germânico e a Revolução Social.

1871 - 1873 – Bakunin redige Estatismo e Anarquia.

Setembro de 1872 – Ele é excluído da Internacional, no Congresso de Haia

Agosto de 1873 – Instala-se na Vila Baronata.

Agosto de 1874 – Tentativa de participação da insurreição de Bolonha. Reside em Lugano.

1º de Julho de 1876 – Morre Mikhail Alexandrovitch Bakunin.


***

Seguimos a cronologia apresentada pela especialista Natalia Pirumova em sua obra Bakunin, Moscou, 1970, pp. 394-396.

Fonte: Bakunin, Mikhail. Catecismo Revolucionário; Programa da Sociedade da Revolução Internacional. Organização e tradução: Plínio Augusto Coêlho.  São Paulo: Editora Imaginário/Faísca, 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário